Image Map

segunda-feira, 29 de abril de 2019

(Resenha) Nos Bastidores Da Alma - Juliano Fagundes

Título: Nos Bastidores Da Alma  

Autor: Juliano Fagundes

Ano: 2019

Páginas: 288

Editora: Vida e Consciência



Sinopse: Nunca sabemos o que acontecerá em nossas vidas, afinal, tudo pode mudar em um instante, e nós, seres humanos, somos movidos pela curiosidade de saber o que nos espera após o fim.
E se descobríssemos que morrer significa apenas mudar de dimensão e nos adaptar a uma nova realidade, sem o peso de um corpo físico? Assim aconteceu com Célia, uma jovem de 16 anos que desencarnou prematuramente.
Enquanto Célia vivencia uma verdadeira odisseia pelo mundo espiritual, você conhecerá todas as possibilidades que a espiritualidade nos oferece para aprendermos lições indispensáveis ao nosso crescimento e à nossa evolução.




***



Esta obra não é um romance espírita. Ela é uma verdadeira aula de espiritismo. A narrativa da história da Célia mostra ao leitor os bastidores do astral.

Nós encarnados temos a mania de dizer, quando recebemos a notícia do falecimento de alguém, que a pessoa descanse em paz. Mas não é isso que acontece.

No outro plano o trabalho é muito mais intenso. Como não existe a necessidade de dormir por tanto tempo, como acontece com o corpo físico, o espírito fica livre para trabalhar com mais afinco pela sua evolução.

Tem os espíritos que ficam presos nos umbrais por escolha própria para expurgar os erros que cometeu enquanto esteve encarnado, tem os que são usados como escravos por outros desencarnados e tem os que conseguiram galgar um degrau a mais na sua evolução e trabalham para ajudar os demais a também conseguirem se melhorar como espíritos.

Nesta trama podemos acompanhar o processo demorado da reencarnação. Muitos pensam que uma pessoa morre num dia e em no máximo 1 mês estará novamente encarnada em outro corpo. E isso está bem longe de ser verdade. Leva um tempo demorado para que todo o processo seja concluído com sucesso.

Às vezes este processo acaba atraindo os “inimigos” do reencarnante, pois quando o espírito está “habitando” um corpo físico deixa um rastro que pode ser detectado e seguido por quem lhe nutre ódio.

Mas nós nunca estamos sozinhos e existem verdadeiras falanges de trabalhadores e amigos que fazem de tudo para que possamos passar pela experiência da reencarnação tendo o mínimo possível de sofrimento.

Nem todo espírito que desencarna aceita esta situação de forma pacífica e normal. Mesmo aqueles espíritos com um pouco mais de evolução podem se sentir extremamente ligados a quem permaneceu na Terra e fazem de tudo para voltar a estar em contato direto com seus familiares.

Em alguns casos a comunicação direta através da psicografia não é permitida porque pode trazer mais danos ao espírito desencarnado do que lhe fazer algum bem. Nestes casos entra a comunicação via um outro comunicante.

Esta é outra coisa que nós encarnados temos a mania de pensar erroneamente. Achamos que basta a pessoa morrer para no outro dia ir numa casa espírita e passar uma mensagem. Não é assim tão simples.

O espírito desencarnado precisa de autorização para fazer esta comunicação, a mensagem que ele transmitirá precisa ser em prol de um entendimento melhor sobre a espiritualidade para quem irá receber aquela mensagem e o dia, o local e a hora são marcados com meses de antecedência.

Muitas vezes a afobação de quem está ansioso para receber uma mensagem daquele que partiu o leva a lugares onde em vez de uma comunicação séria irá receber uma mistificação.

Temos que exercitar a nossa paciência e esperarmos que as coisas aconteçam no tempo que elas têm que acontecer e não no momento que queremos que ela aconteça.

Nos bastidores da alma mostra exatamente estas questões e outras mais que fazem o leitor refletir sobre a maneira que está encarando a morte do corpo físico, a vida do corpo espiritual e os sentimentos que os dois acarretam no corpo mental.

É uma leitura recomendada para quem está neste processo de aceitar a separação temporária, para quem quer saber o que de fato ocorre depois do desencarne e quem quer preparar a sua mente para o que encontrará após fazer a sua passagem para o outro plano.       



Um leve bater de asas *O:-) anjinho  *O:-) anjinho  para todos!!!!

Khrys Anjos

sábado, 6 de abril de 2019

(Divulgação) Novo livro da autora Glaucia Santos

Oi, Galera.



Venho fazer hoje uma divulgação mega especial: A autora Glaucia Santos, parceira aqui do MMRE, está lançando seu novo livro.

Ela passou por um período de recolhimento para poder superar alguns acontecimentos na vida dela e agora através desta obra ela faz um recomeço na sua carreira de escritora.

Eu particularmente fiquei feliz pela Glaucia ter escolhido continuar alimentando este dom maravilhoso que ela possui para tocar a alma dos leitores com suas histórias.

O título deste livro representa exatamente o que ela nos oferece. Então com vocês...


Título: O presente 
    
Autora: Glaucia Santos

Páginas: 368

Editora: publicação independente

Ano: 2019


Sinopse: Clara era uma mulher solitária e com a alma devastada pela dor da perda até se encontrar com um belo desconhecido. Ele muda o seu destino e a transporta para o seu “felizes para sempre”. Porém, o que parecia ser um relacionamento perfeito, e com um futuro promissor, transforma-se em um pesadelo.
Em meio ao medo e às incertezas, seu destino muda quando surge um amor puro, porém proibido.
Duas almas quebradas pela vida se encontram e descobrem o verdadeiro significado do amor.
No entanto, Clara sabe que precisa fazer o que é certo e fugir desse sentimento, porque será o melhor para todos. Pressionada a se casar com um homem que não ama, ela aceita o seu destino, pois sabe que precisa preservar o seu verdadeiro amor e sua própria honra.
Quando tudo parece perdido e suas esperanças se dissipam, um milagre acontece e ela recebe um lindo e precioso presente de Deus.
O presente é um livro que fala sobre amizades verdadeiras, fidelidade, confiança, amor pela família e, principalmente, como a fé em Deus pode mudar todas as coisas e operar o impossível.


Confira o livro no Skoobhttps://www.skoob.com.br/livro/840871#_=_






Logo teremos a versão impressa.


Informação adicional:

O ebook pode ler lido no notebook, computador, celular ou App Kindle do Amazon (grátis). Basta instalar o App e criar uma conta para comprar o ebook.
Hoje temos a opção de cartão de crédito descartável e recarregável, vendido em lojas de conveniências ou no site:  https://comprarcartao.meuacesso.com.br/


Tutorial para leitores de primeira viagem no Amazon:



É isso, galera. Aproveitem o momento e se dêem este presente ou presenteie quem vocês amam adquirindo o e-book ou assim que a versão impressa ficar disponível para compra.


Para aguçar um pouco mais o desejo de ler esta história temos alguns cotes para vocês:











Um leve bater de asas *O:-) anjinho  *O:-) anjinho  para todos!!!!

Khrys Anjos

quinta-feira, 28 de março de 2019

(Resenha) Uma Promessa Além Da Vida - Meire Campezzi Marques

Título: Uma Promessa Além Da Vida 

Autora: Meire Campezzi Marques

Ano: 2019

Páginas: 256

Editora: Vida e Consciência




Sinopse: A família tem um papel fundamental em nossa evolução espiritual. Por meio dos laços de amor, desenvolvemos nossas aptidões, trabalhamos nossos sentimentos e burilamos nosso caráter. Muitas vezes, contudo, nos deixamos envolver pelos laços de ódio e pela desunião, e a vida, rígida professora, nos aplica a prova de que precisamos para trilharmos o caminho do bem. Nesta história emocionante, a família Alencar contará com a ajuda dos amigos espirituais para compreender o sentido do perdão e a importância de cumprir as promessas feitas com o coração para alcançar a felicidade.



***



Por causa da alergia do seu filho mais novo Henrique compra uma fazenda no interior e se muda com o restante da família.

Assim que chega ao local acaba sendo acometido por uma doença sem motivo físico. E esta situação força a sua esposa Eunice a aceitar a presença da sogra na sua casa.

No decorrer dos dias esta aproximação forçada faz com que toda a família aprenda algumas lições importantes.

Olavinho, o filho mais velho do casal, tem o dom da clarividência, mas Eunice não aceita e tenta reprimi-lo. Devido a “doença” do marido ela recebe uma prova de que a espiritualidade existe e que seu filho é especial.

Quando ela aceita esta verdade consegue entender junto com os demais membros da família e seus novos funcionários o que aconteceu para que seu marido fosse acometido pela doença.

Com a ajuda do Camilo, mentor do Olavinho, Henrique consegue se curar e a família também. Tudo que os impedia de manterem um relacionamento harmonioso de amor é retirado quando o perdão pelos erros de uma vida passada é alcançado e uma promessa cumprida.

Essa história nos mostra o quanto é necessário sermos cautelosos com as promessas que fazemos. Às vezes falamos para alguém que vamos fazer algo por ela, mas depois esquecemos ou desistimos.

Quando a promessa é feita no plano astral a cobrança feita pelo espírito que não reencarnou pode se tornar dolorosa.

Henrique fez uma promessa antes de voltar a encarnar na Terra, mas como não se lembrava não a cumpriu como o outro espírito queria. Por isso foi “convidado” a fazer o que se propôs a realizar.

A união da família foi necessária para permitir que a cura ocorresse para cada um dos seus membros já que todos necessitam de um reajuste em determinada área.

Os dois principais pontos que devem ser analisados pelos leitores são: Primeiro - Cuidado com as promessas que vocês fazem. Se por algum motivo não tem a certeza que será capaz de cumprir o prometido jamais façam a promessa.

E isso inclui aquelas que pensamos não ter nenhuma importância em fazer com a intenção de não cumprir. Temos que levar a nossa palavra muito a sério.

O personagem Henrique fez a promessa antes de encarnar, mas como acontece com todo espírito que renasce na Terra, não recordava do que havia prometido. Só que além da promessa também pediu ao outro espírito que o relembrasse de alguma maneira o que tinha se proposto fazer.

Isso pode estar acontecendo com você ou alguém que você conheça. Uma doença sem motivo físico pode significar que a pessoa está sendo obsediada. E as vezes o espírito obsessor não tem a intenção de fazer mal para a pessoa. Ele pode apenas estar tentando fazer com que ela cumpra uma promessa proferida no astral.

Segundo – Não menospreze o dom do seu filho somente por você não o entender ou não o aceitar. Pode ser um dom artístico ou mediúnico.

O personagem Olavinho tinha o dom de ver e falar com os espíritos desencarnados, e também de ver a vida passada de uma pessoa. A Eunice só aceitou a mediunidade do filho após receber uma prova incontestável para ela de que os espíritos desencarnados podem se comunicar com os encarnados.

O Olavinho teve a “sorte” de receber a ajuda do seu mentor para trazer esta verdade aos olhos da mãe. Muitas crianças e adolescentes não conseguem obter esta aceitação da sua mediunidade por parte da mãe mesmo que ela receba a ajuda espiritual para compreender o que acontece com o seu filho. E acabam sendo tratadas como loucas.

O fato de não entendermos algo não significa que devemos menosprezar ou tentar reprimir. Se uma criança vê um espírito, relata isso para a mãe e ela o trata com indiferença ou como louco vai transformar esta criança num ser inseguro e incapaz de confiar nas pessoas para dizer o que acontece com ela.

Manter o diálogo sincero é fundamental, pois fortalece a união.

Esta história serve de alerta para os pais. E mostra que uma promessa deve ser cumprida. A força da nossa palavra tem que ser levada em consideração. Sempre.   
  

Um leve bater de asas *O:-) anjinho  *O:-) anjinho  para todos!!!!

Khrys Anjos

domingo, 10 de março de 2019

(Resenha) Nildrien - Os Esquecidos (Volume 2) - Manoel Batista

 Título: Nildrien - Os Esquecidos (Volume 2) 

Autor: Manoel Batista

Ano: 2018

Páginas: 640

Editora: Novo Século



Sinopse: Após a conquista do Pergaminho na Caverna Antiga e a formação da Força Especial com os heróis da empreitada, o Reino de Nalim não poderia viver dias de maior euforia. Com o Príncipe das Trevas e dois de seus asseclas capturados, a Rainha Dyla planeja sua execução, um grande evento em praça pública, que atrairá a atenção de toda a terra de Nildrien e colocará seu reinado de uma vez por todas entre os mais populares do mundo.

Temendo que uma atitude de tamanhas proporções possa iniciar uma guerra mundial, a Princesa de Skyllus, Lóris, tentará de todas as formas demover Dyla de sua decisão, relembrando-se de sua aliança temporária com Josh na Caverna Antiga, onde percebera que o herdeiro de Asenhar e as trevas não eram tão terríveis como aparentavam.
De uma viagem por um imenso e impiedoso deserto, com um novo e exótico reinado, a um passeio pelo submundo, uma nova aventura se desenrola nesse fantástico universo, à medida que a execução dos membros de Asenhar se aproxima e uma misteriosa e sombria força paira sobre Nalim, espreitando em cada canto.




***



A rainha Dyla se deixa dominar por um dos sentimentos mais corrosivo para a própria pessoa que o sente: o desejo de vingança. Ela não se importava mais com nada além de montar um espetáculo para executar o Príncipe das Trevas.

A Força Especial foi enviada numa viagem diplomática a Azent, o Reino do Deserto, mas dois integrantes da jornada pela Caverna Antiga permaneceram em Nalim.

A Princesa Lóris estava decidida a fazer a rainha mudar de idéia quanto a execução do Príncipe Josh e se aliou a Princesa Syla, que também não concordava com esta escolha feita pela sua mãe.

As duas começaram uma verdadeira corrida contra o tempo tentando encontrar alguém que pudesse ajudá-las a demover a Rainha deste intento.

Enquanto isso a Força Especial cruzou o deserto de uma maneira quase tranquila tendo apenas um momento de altíssima tensão. E esta situação mais uma vez demonstrou porque o Histran se tornou o meu preferido no primeiro livro. Já em Azent o Torneio em homenagem as duas décadas de reinado do rei acabou fazendo o grupo ter uma grande decepção com o Karson (eu entrei na lista de decepcionados já que ele era o meu preferido número dois).

As Princesas ao darem uma última cartada para tentar conseguir uma aliada para impedir a execução dos 3 integrantes de Asenhar acabam caindo numa armadilha tenebrosa. Elas são feitas reféns por um monstro e levadas a Ilha da Penitência.

Esta ilha era o local para onde os “criminosos” de Nalim foram enviados pelos dois reis antecessores a Rainha Dyla e completamente esquecidos pelos demais moradores do reino.

Este foi o pior erro cometido por todos. E tiveram que pagar um preço altíssimo por causa deste esquecimento.

A Força Especial teve que ser dividida com alguns sendo enviados a Ilha para resgatarem as Princesas antes que elas também tivesses que ser destruídas e a outra parte ficou em Nalim para proteger os moradores do reino da invasão de seres infernais que tinham a intenção de aniquilar toda a população.

O grupo enviado a Ilha ganhou 5 outros integrantes, pois precisavam equilibrar as forças das Trevas. Este grupo teve que enfrentar adversários poderosíssimos, extremamente habilidosos e psicopatas.

Infelizmente nem todos voltaram vivos ou inteiros desta batalha.

Como definir esta nova história do autor Manoel? Eu a classifico como uma escrita tsunami. No começo esta branda como o mar chegando na areia da praia. Aos poucos ela vai sendo puxada em direção ao alto mar e criando uma onda gigantesca que ao entrar em contato novamente com a terra firme vai causando um estrago por onde passa.

Quando acontece na Natureza é um espetáculo muito triste, mas quando acontece na forma de um autor narrar a sua história é simplesmente fantástico, pois mostra e comprova todo o seu talento.

O Manoel tem um dom incrível e é um mestre nesta narrativa que classifico como tsunami. Se a pessoa não tiver a paciência de esperar a onda gigante explodir na areia irá perder uma história épica. As lutas ferozes, brutais e mortais que se desenrolam na Ilha fariam esta história ganhar um Oscar se fosse transformada em filme.

O autor mais uma vez mostrou que as aparências enganam. Nem toda pessoa criada para ser ruim, o é de verdade. Assim como nem toda pessoa criada para ser do bem, tem esta índole latente dentro dela.

Desta vez não irei dizer que tive um personagem favorito, pois teve momentos que me identifiquei com as atitudes de cada um dos personagens. O Hanns me fez querer novamente praticar uma tortura chinesa com ele, pois desta vez um papagaio foi envolvido. Mas se eu estivesse no meio da história, mais precisamente no momento em que parte do grupo estava na biblioteca, teria concordado com ele e o permitido por um fim em um dos inimigos.

O Príncipe Josh acabou me conquistando por não ser o herói que salva a mocinha. Ele era o vilão que salva a mocinha. Senti o cheirinho de romance no ar no primeiro livro e agora além do cheirinho tem um gostinho também.

Dois pontos devem ser destacados aqui: O primeiro é que a história se passa na era medieval, mas os personagens usam algumas gírias atuais. Isso os trás para o nosso cotidiano e nos remete ao meio da história. Achei muito bacana.

O segundo é a mensagem que eu considerei a principal neste livro. A maioria das pessoas quando ouvem o conselho que Jesus deixou para nos guiar rumo ao autoconhecimento, que é o famoso “Orai e Vigiai”, erroneamente o interpreta como rezar e vigiar a vida alheia. Nós temos que vigiar o nosso próprio pensamento e as nossas próprias atitudes.

Foi isso que alguns personagens precisaram aprender através da dor física ou moral. Eles se deixaram dominar por sentimentos mesquinhos como o orgulho, a inveja, o ego, a vingança e receberam lições amargas para perceberem que estavam no caminho errado.


Seja qual for o sentimento se permitirmos que ele guie as nossas ações e essas acarretem um prejuízo para a outra pessoa temos que parar e refletir de maneira bem séria sobre este ser que estamos nos tornando. É um processo doloroso e solitário. Mas nos conduz ao encontro de nós mesmos e nos possibilita olharmos o nosso reflexo diante do espelho sem sentirmos nenhuma vergonha de sermos quem verdadeiramente somos.  

E outra descoberta que fiz é que o autor Manoel é seguidor de um Deus que provavelmente tem em Nildrien (ainda não foi mencionado, mas acredito que exista por lá): O Deus da Tortura.

Quando cheguei na última página e li a cena final não consegui acreditar. Virei o livro de ponta cabeça imaginando que tinha algumas páginas escondidas, mas para a minha irremediável tristeza tinha mesmo se encerrado ali.

Agora é aguardar sem NENHUMA ANSIEDADE o lançamento do terceiro livro onde nossos companheiros de aventuras irão se digladiar no Torneio de Guerra. Minha mente viajou longe e estou imaginando como serão as cenas de lutas deste torneio.

Espero que isso ocorra já no próximo mês kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    

Um leve bater de asas *O:-) anjinho  *O:-) anjinho  para todos!!!!

Khrys Anjos

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

(Resenha) Livres Para Recomeçar - Rose Elizabeth Mello



Título: Livres Para Recomeçar

Autora: Rose Elizabeth Mello

Ano: 2018

Páginas: 256

Editora: Vida & Consciência





Sinopse: Rose Elizabeth Mello é considerada um dos grandes expoentes da literatura espiritualista brasileira. Com sensibilidade e maestria, a autora nos traz romances sensíveis, que tocam a alma de seus leitores.

Em Livres para recomeçar, Rose Elizabeth traz uma trama envolvente, repleta de encontros e desencontros, cuja tensão sustenta a leitura até o fim, com uma linguagem simples, fácil, mas com reflexões oportunas, que nos ensinará o valioso poder do perdão no caminho em busca da felicidade.




***


Simone não conheceu a mãe, que infelizmente não resistiu ao seu parto, e foi criada pelo pai Carlo que a ensinou a ser uma excelente pessoa e também uma excelente profissional.

Para a tristeza de ambos, Carlo não ensinou a filha como identificar um canalha. Ele mesmo acabou sendo “vítima” de um golpe conjunto que o prejudicou financeira e emocionalmente.

Simone se deixou seduzir pelo Rubens e depositou sua total confiança no amor que ele dizia sentir por ela.

Mas assim como o pai, ela descobriu da pior maneira possível que nem tudo que reluz é ouro e nem toda pessoa que se veste de anjo realmente é um.

Rubens acreditava que tinha motivos dignos para agir como agia e esta crença errada o levou a um lugar terrível quando não quis aprender a lição mais importante que todo ser humano vem a Terra para aprender: perdoar quem nos fere e seguir em frente.

Após a traição e a perda prematura daquele que era o seu porto extremamente seguro, Simone se tranca dentro dela mesma e passa a ser uma mulher completamente diferente daquela criada pelo Carlo.

Somente quando o Murilo entra na vida dela como um furacão é que ela toma um verdadeiro choque de realidade e permite que seu espírito se cure de todo o mal que lhe causaram.

Assim ganha a liberdade para recomeçar a sua vida ao lado de um homem que verdadeiramente a ama e que se torna uma corda para puxá-la de volta a superfície.

Murilo é um homem especial que foi atrás da própria evolução como ser humano e que colocou na prática o que aprendeu na teoria.

Ele também sofreu uma traição no passado, mas escolheu seguir adiante depois de perdoar os envolvidos. Ele escolheu a si mesmo. Não deu o poder para quem o magoou guiar os seus passos.

E acabou mostrando para a Simone com o seu exemplo que ela podia fazer a mesma escolha.

A natureza humana é ir atrás de vingança quando nos ferem. Queremos fazer o outro sentir a mesma dor ou uma ainda pior do que a que ele nos infringiu.

Perdoar uma traição, seja de qualquer tipo, é algo surreal para a maioria das pessoas.

Confesso que isso é bem difícil para eu fazer. Se alguém me trai eu simplesmente a deleto da minha vida e não esqueço o mal que ela me fez. E não permito que ela tenha a chance de me ferir novamente.

Tenho trabalhado muito sobre isso na minha mente, pois sei que o perdão beneficia as duas partes envolvidas. Quando perdoamos verdadeiramente alguém cotamos o cordão que no prende a ela e assim podemos seguir a nossa jornada sem receber a energia negativa que vem atrelada a todos os sentimentos ruins que nos enrolam como numa teia ao alimentar o ódio, o rancor, a mágoa, o desejo de vingança...

A vida é curta demais para permitirmos que obsessores se aproximem de nós por causa desta energia e se alimentem dela nos fazendo de marionetes.

Algumas vezes estamos tão desligados espiritualmente que não nos damos conta que a raiva que estamos sentindo não nos pertence.

Por isso temos que orar e vigiar. Estarmos atentos aos nossos pensamentos para distinguirmos o que faz parte a gente e o que vem de fora.

A liberdade para recomeçar só é alcançada por aqueles que se permitem amar e serem amados apesar de toda a dor que carregam em seu interior devido a alguma ferida emocional não cicatrizada.   



Um leve bater de asas *O:-) anjinho  *O:-) anjinho  para todos!!!!

Khrys Anjos

terça-feira, 25 de dezembro de 2018

Promoção Natal Literário




É praticamente impossível não comemorar o Natal, data que tanto amamos, aqui na blogosfera. Pensando nisso, o espírito natalino tomou conta do Roendo Livros, que se uniu a alguns blogs amigos, como o nosso Minha Montanha Russa de Emoções, para presentear um leitor sortudo com oito livros muito legais. Feliz Natal para todos vocês, muita paz e amor, e espero que continuem acompanhando todos os blogs no próximo ano também!




Regras:



- A promoção terá duração de um mês, do dia 25/12/2018 ao dia 25/01/2019;
- As opções obrigatórias valem 1 ponto cada, enquanto as opcionais valem 5 pontos cada;
- A entrada "tweet about de giveaway" só será válida se a pessoa estiver seguindo todos os os Twitters;
- Na opção "Visitar a Página" não basta apenas passar por ela, é preciso curtir;
- Após o término da promoção, o Roendo Livros tem até 15 dias úteis para divulgar o resultado;
- O ganhador tem 48h para responder o e-mail com os dados de envio, caso contrário o sorteio será refeito;
- Após feito o contato, os prêmios serão enviados dentro de até 60 dias úteis;
- É obrigatório residir em território nacional ou ter endereço de entrega no Brasil;
- O Roendo Livros não se responsabiliza pelos livros enviados pelos blogs e editoras parceiras;
- Para o livro ser enviado, é necessário que o ganhador passe o número do CPF para a Ana, já que agora os Correios solicitam uma declaração de conteúdo (saiba mais aqui) Só participe do sorteio se estiver de acordo;
- Roendo Livros e os parceiros não se responsabilizam por extravio ou atraso na entrega dos Correios, bem como danos causados nos livros. Assim como não se responsabilizam por entrega não efetuada por motivos de endereço incorreto, fornecido pelo próprio ganhador, e/ou ausência de recebedor. Os livros não serão enviados novamente;
- Roendo Livros se reserva o direito de dirimir questões não previstas neste regulamento;
- Este concurso é de caráter recreativo/cultural, conforme item II do artigo 3º da Lei 5.768 de 20/12/71 e dispensa autorização do Ministério da Fazenda e da Justiça, não está vinculada à compra e/ou aquisição de produtos e serviços e a participação é gratuita.


 







P.S.: Se o ganhador ou ganhadora tiver deixado um comentário aqui neste post do blog MMRE além do livro irá receber um kit de marcadores bem bacana.

Então aproveitem e que o Feliz Natal se estenda por todos os 365 dias do Ano Novo.


Boa Sorte!!

Um leve bater de asas *O:-) anjinho  *O:-) anjinho  para todos!!!!

Khrys Anjos