Image Map

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Conhecendo as ganhadoras

Oi Gente.



Vou apresentar para vocês hoje 2 das ganhadoras da promoção de 4 anos do MMRE. Estava aguardando para ver se conseguia colocar as 4, mas não deu.

A Nayara está muito atarefada com os estudos (por isso eu a desculpei kkkkkkkkkkkkk) e a Maristela ainda não recebeu todos os presentes (infelizmente, mas logo estará com todos eles em mãos).

Então com vocês...



Maria Alves que ganhou o kit 1







E a Halana Ferreira que ganhou o kit 4












Espero poder apresentar a Nayara e a Maristela logo para vocês.


E que venham mais aniversários para fazer vocês leitores felizes em comemorar comigo.


Um leve bater de asas *O:-) anjinho  *O:-) anjinho  para todos!!!!

Khrys Anjos

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

(Divulgação) Novo livro da autora Anaté Merger

Oi Pessoal.



Vamos conhecer o novo romance da autora Anaté Merger:




Luz e sombra



 "Virgílio é um engenheiro carioca, entediado, taciturno, que nunca amou ninguém e tem na restauração das antigas fazendas de café a sua única paixão.
Ao estar prestes a adquirir mais um imóvel para ser restaurado, ele se depara com um quadro cuja figura, até então sem nome, lhe assombrava os sonhos : Olympia, filha de um barão, em um quadro do século XIX. O olhar azulado da moça o atrai de uma maneira obsessiva e aos poucos ele se envolve numa trama cada vez mais absurda, com joias misteriosas e uma inusitada carta.
Ao tentar descobrir o que as linhas amareladas escondem, Virgílio se encontra em um emaranhado de artimanhas e chantagens, amor e ódio, onde o ontem e o amanhã se confundem durante um cruzeiro pelo Atlântico no ano de 1873 e o poder da luz sobre as sombras surge nos lugares, nas pessoas e nas atitudes mais improváveis."




Livro digital: https://goo.gl/9klGU7



Um romance histórico para deixar as leitoras suspirando encantadas.

Não vão querer deixar a oportunidade fugir né?




Um leve bater de asas *O:-) anjinho  *O:-) anjinho  para todos!!!!

Khrys Anjos

(Resenha) Cromoterapia – O segredo das cores - Valcapelli

Título: Cromoterapia – O segredo das cores

Autor: Valcapelli

Editora: Vida & Consciência

Páginas: 262

Ano: 2017



Sinopse: As cores temperam a vida. Elas estão presentes nos alimentos que ingerimos, nas roupas que vestimos, no ambiente que habitamos e em nosso local de trabalho.

Neste livro, que reúne dois trabalhos anteriormente publicados por Valcapelli ("Cromoterapia – A Cor e Você" e "As cores e suas funções"), o autor traz maneiras de adotar as cores para conquistar harmonia em casa e sucesso no trabalho e explica o porquê de algumas pessoas gostarem de uma cor específica e como isso revela aspectos da personalidade desses indivíduos. Além disso, a obra aborda a influência que as cores exercem em cada órgão do corpo e seu uso no tratamento de doenças. 
 "Cromoterapia – O segredo das cores" traz um amplo conhecimento sobre a ação das cores em diversos aspectos da vida dos indivíduos, a influência que cada uma exerce no dia a dia, bem como seu uso correto em determinados momentos. Um livro para consultar a todo instante!




***




A cromoterapia é uma terapia do universo esotérico ou alternativo, mas que todos nós praticamos no decorrer do dia, mesmo sem termos a menor noção que o estamos fazendo.

Quando escolhemos uma roupa para ir trabalhar ou encontrar os amigos ou para seduzir o parceiro. Quando optamos por determinada cor para pintar a casa ou o quarto do bebê.

Neste livro o Valcatelli nos ensina de uma forma extremamente simples a utilizar a energia das cores na nossa vida. As pessoas ao se depararem com o título provavelmente irão pensar se tratar de uma obra acadêmica onde o autor fala em termos técnicos. Não é isso que acontece.

A leitura é dinâmica e flui levemente. E o ponto principal é que não é um livro apenas para os cromoterapeutas. Esta obra é para os leigos, os iniciados ou os professores de cromoterapia.

Qual é o segredo das cores? Arrisco dizer que é você leitor.

Tudo o que nos rodeia é permeado de cores. Então por que não aprender a utilizar de forma plena a energia emanada de cada uma delas?

O tesouro escondido no final do arco-íris não é um pote cheio de moedas de ouro como diz a lenda. É um lago que transborda a energia e a luz irradiada pelas 7 cores que o compõe.

Para quem não acredita no poder das cores vou dar um exemplo da sua utilização e eficácia: A cor vermelha é a cor da paixão e do sexo. Como eram chamadas as casas de prostituição antigamente e que estavam sempre lotadas? Casa da luz vermelha. Provavelmente o criador deste nome percebeu o poder que esta cor exercia sobre os homens e a usou para atraí-los.

Quem aqui nunca se sentiu bem ao entrar num local onde a parede é verde? Ou quem não se sentiu desconfortável ao entrar num local com a parede preta?

O que temos que levar em consideração é o nosso estado emocional. Tem dias que queremos pintar o mundo de rosa. No outro vemos tudo cinzento.

Este livro serve exatamente para nos dar o equilíbrio necessário para sairmos da energia ruim e utilizarmos as cores como nossas aliadas. A cromoterapia pode ser usada em todas as áreas: física, mental e emocional.

Mas tudo deve ser feito com conhecimento. Ler sobre o assunto. Praticar. Colocar um toque de cor no ambiente. Escolher a roupa no tom certo para atrair as coisas e pessoas boas para a nossa vida.

Já numa sessão com o cromoterapeuta será ele que ficará responsável pelo uso adequado de cada cor.

Eu daria um trabalho reforçado numa sessão, pois como foi explicado no livro, existem algumas restrições para o uso das cores. A cor serve para o problema que eu tenho, mas pode agravar o outro. Por isso esta terapia deve ser feita por um profissional.

Uma coisa que não foi mencionada no livro e que eu gostaria de saber é sobre a personalidade de quem como eu não tem uma cor preferida. Conheço pessoas que só compram roupas ou objetos de uma cor. Eu sempre fui multicolorida em tudo. 

Recomendo a leitura desta obra para quem quer se conhecer melhor, quem quer conhecer o outro melhor e quem quer aprender a potencializar a energia das cores no seu dia a dia. Ou seja, todos nós.

Os benefícios são inúmeros. Basta começarmos a utilizar esta técnica de forma consciente.


Um leve bater de asas *O:-) anjinho  *O:-) anjinho  para todos!!!!

Khrys Anjos

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

(Divulgação) ENOUA 2

Oi Galerinha.




Finalmente saiu o segundo livro da série ENOUA uhuuuuuuuuuuuuuuuuuu – soltem os dragões e comemorem também kkkkkkkk


E estará na pré-venda até o dia 10/03 no site da editora. Então quem se apaixonou por este reino e quer se aventurar novamente por lá não perca esta oportunidade incrível de adquirir o livro.







Vamos conhecer um pouco desta história através da sua sinopse:



A obsessão de um inimigo cruel faz com que os Quatro Guerreiros sejam novamente atraídos por Enoua, um mundo onde muitos contrastes se chocam: fantasia e realidade, medievalismo e futurismo, luz e escuridão. 

Suas armas e amuletos começam a revelar seu verdadeiro potencial, assim como suas mentes e corpos. Feras, dentre outras criaturas, os observam à distância.
Os imortais Cavaleiros Malignos rompem a barreira do desconhecido. A saga verdadeiramente se inicia. Nada será como antes.
Você deseja retornar à Enoua?




SIMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM


Se tem alguém aí que leu o primeiro e não quer retornar no segundo provavelmente ainda está lá em ENOUA, pois não quis voltar para o nosso mundo.



Aproveitem a chance de voar alto com estes dragões e seu mestre Diego Martins.


Um leve bater de asas *O:-) anjinho  *O:-) anjinho  para todos!!!!

Khrys Anjos

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

(Divulgação) 2ª edição de “Entrelace: Caminhos que se Cruzam ao Acaso”

Oi Gente.



A 2ª edição de “Entrelace: Caminhos que se Cruzam ao Acaso” da autora Diana Scarpine foi lançada na Amazon.





Para quem ainda não conhece a história aqui tem a sinopse:


Carol é uma mulher insegura e preconceituosa, que tem um relacionamento virtual com Henri, um homem forte e independente, que enfrenta as adversidades que a vida lhe impõe. Aparentemente apaixonados, embora nunca tenham se visto pessoalmente, eles anseiam transpor o namoro virtual para o real, mas o tão sonhado primeiro encontro não acontece como planejaram e eles rompem o relacionamento. Por mais que tentem se manter afastados, os destinos de Henri e Carol foram irremediavelmente entrelaçados e seus corações, unidos pelo amor, mas implacavelmente afastados pelo preconceito. O amor será capaz de vencer esse profundo e intenso embate contra o preconceito? Ou o preconceito será capaz de subjugar o amor presente no coração de uma mulher?







Aproveitem a chance de se emocionarem com esta história que colocará o leitor para rever os próprios preconceitos.



Um leve bater de asas *O:-) anjinho  *O:-) anjinho  para todos!!!!

Khrys Anjos

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

(Resenha) Maktub - Glaucia Santos

Título: Maktub

Autora: Glaucia Santos

Ano: 2017 

Páginas: 142

Editora: publicação independente



Sinopse: Você acredita em destino? Juliana achava que a vida dela estava toda planejada, mas levou um fora do noivo e agora está amargurada com a vida. O que ela não sabe é que o seu destino já estava escrito e o que o futuro lhe reserva era mais do que ela poderia imaginar. Maktub é um livro que fala de amor, fé e principalmente recomeços. Se você ainda não encontrou o seu destino, saiba que ele pode aparecer quando você menos esperar. Nem tudo que acontece de ruim é para nos destruir, mas apenas para nos permitir novos recomeços.




*** 




Esta história coloca o leitor para refletir sobre as escolhas que vem fazendo na sua vida. Quantas vezes insistimos em manter uma situação por acharmos que ela é a ideal para nós.

Juliana namorou e noivou o Pedro por 8 anos. Acreditou que era o homem que a faria feliz, mas ele não pensava da mesma forma. Quando o relacionamento foi desfeito ela ficou amargurada por ter desperdiçado tantos anos da vida dela com alguém que não valia à pena.

O que a Ju não sabia era que o romance entre ela e o Pedro estava fadado ao fracasso desde o começo, pois o homem que a sua alma escolheu para ser o seu companheiro na vida era o Gustavo.

Os dois se conheceram quando tinham 13 anos e após longos 16 anos afastados se reencontram e a chama que foi acesa naquela época finalmente pôde virar uma labareda e consumir seus corações com um amor puro, forte e único.

Gustavo é um nerd hiper tímido e a Juliana uma advogada durona, quase uma ogra. Uma combinação aparentemente impossível de dar certo, mas que foi capaz de transformar um no complemento do outro.

Os caminhos dos dois estavam totalmente interligados e eles não perceberam. Foram várias coincidências (os espiritualistas chamam de sincronicidade) que os atraíam, mas que por ainda não ser a hora certa de se reencontrarem, nenhum deles percebeu.

O destino tem seu próprio jeito de conduzir a nossa vida. Ele sabe quando estamos preparados para as mudanças necessárias para nos fazer seguir rumo a nossa felicidade.

Nada que aconteça em nossa vida é obra do acaso. Tudo tem um motivo e um significado. Mas o grande problema do ser humano é exatamente descobrir este motivo e aceitar o significado.

Podemos estar diante daquele que será o Sol da nossa existência e por teimosia ficamos agarrados aquele que é apenas a Lua durante um eclipse solar.

São poucas as pessoas que conseguem superar isso e se permitem amar verdadeiramente. Que abraçam as mudanças como algo benéfico mesmo que no primeiro momento pareçam que é uma avalanche de coisas ruins.

Para que o destino possa nos guiar temos que lhe dar esta autorização. Do contrário as mudanças serão interpretadas como um castigo.

Este casal é a representação pura de um encontro de Almas Gêmeas. Dois seres que nasceram para se tornarem um. Duas pessoas que se complementam.

A leitura flui rápida e vai deixar os cariocas encantados. As gírias estão presentes assim como os locais mais frequentados pela população.

Quem nunca pegou um trem hiper lotado não sabe como a sardinha enlatada se sente. E foi assim que este romance começou, mas apenas para encaminhar o Guga até sua outra metade.

Ele e a Ju precisaram passar por um momento dramático que fortaleceu ainda mais esta união. Uma vez o Guga foi a salvação da Ju e na outra foi a Ju a salvadora do Guga.

Maktub. Que todos nós possamos vivenciar as alegrias que estão destinadas a fazerem parte das nossas vidas.
  

Um leve bater de asas *O:-) anjinho  *O:-) anjinho  para todos!!!!

Khrys Anjos

sábado, 28 de janeiro de 2017

(Resenha) Querido Joseph - Carlos Torres

Título: Querido Joseph

Autor: Carlos Torres

Ano: 2016

Páginas: 392

Editora: Vida e Consciência



Sinopse: "A dor, quando vencida, transforma-se em progresso. E foi isso que aconteceu com Parker. Jovem, cheio de planos, ele se apaixona e se casa com Clara, uma moça rica de Manchester. Juntos, eles têm um filho, Joseph, e a vida do casal muda dramaticamente após o nascimento dessa criança.

Ao completar seis anos de idade, Joseph desaparece misteriosamente, e seu pai se vê diante do mais completo desespero. Atormentado pela culpa, a vida de Parker se transforma radicalmente e, durante anos, ele enfrenta as mais duras provas que um homem pode suportar.
Esta linda história de amor e superação revela que a dor derruba a muralha das ilusões, ensina a valorizar a vida, a saúde, a paz e as coisas simples do dia a dia."





***




Esta não é uma simples história para entreter o leitor.

Querido Joseph é um alerta enviado pelo plano astral para a humanidade. É a mudança que o nosso presente necessita. É uma esperança para o futuro. É um cicatrizante para as feridas na nossa alma. É um instrumento poderoso de transformação. É um Mestre na disciplina da Sabedoria.

O autor Carlos começa o livro relatando o sonho lúdico no qual conheceu a história do Parker e do seu querido filho especial Joseph. E através de uma narrativa comovente somos brindados com uma trama riquíssima em ensinamentos para o leitor.

Joseph é o titular da obra, mas é por meio do Parker que podemos encontrar as respostas para algumas questões que tanto afligem o ser humano.
A trajetória da vida deste homem nos coloca muitas vezes diante do espelho, pois retrata o cotidiano de todos nós.

Parker vem de uma família humilde (não uso o termo miserável – como é usado no livro - para classificar quem nasce na pobreza. Para mim miserável é quem vive reclamando da vida, dos problemas, das pessoas. Quem alimenta os sentimentos ruins. E isso acontece tanto com quem é pobre como quem é rico. Não é a condição social que define o miserável. É a condição da alma). Seu pai Antony era um soldado e após passar pela experiência traumática de uma guerra desenvolveu a esquizofrenia. Tinha crises e somente a presença da esposa o mantinha lúcido. Mary era uma verdadeira guerreira. Por amor ao marido enfrentou a doença. Por amor ao filho enfrentou o medo. Por amor ao neto enfrentou a morte.

Temos nesta obra vários personagens e excelentes professores para nos mostrar como o ser humano é de verdade.

A história da vida do Parker pode ser comparada a uma montanha russa de emoções. Ele começa pobre, fica milionário e desaba na miséria. No final descobre a resposta que tanto necessitava e que estava bem ali na frente dele.

São inúmeras as lições contidas nestas meras 392 páginas. O leitor deve permanecer alerta, pois com certeza irá encontrar uma que traga um acalanto para a sua alma.

Um amigo me disse que inteligente é quem aprende com os próprios erros e sábio é aquele que aprende com os erros dos outros. Então eu digo que o leitor que se dispuser a ler e absorver a sabedoria que emana desta obra poderá se tornar um sábio.

Parker fez os testes mais difíceis e foi reprovado em quase todos. Paixão. Ganância. Poder. Vício. O único no qual ele passou com nota máxima foi no Amor Incondicional.

Durante toda a história ele nunca esteve só. Mesmo que tenha jurado para si mesmo que havia sido abandonado por Deus.

Quem nunca teve este pensamento afligindo ainda mais sua alma sofrida pode se considerar um sortudo. Chegar ao fundo do poço, principalmente quando é através da depressão, faz com que nossa luz fique totalmente eclipsada pela escuridão. Não enxergamos nada e a cegueira da mente nos impede de olhar para o lado e percebermos que um amigo está bem ali tentando nos alcançar. Sei disso por experiência própria.

E foi isso que aconteceu com o Parker. Ele não percebeu as intervenções sutis e às vezes descaradas do seu mentor espiritual.

Nós seres humanos temos a péssima mania de preferirmos viver na ilusão. Nos deixamos levar pelo caminho mais fácil. Esquecemos que a vida não trás recompensas, mas cobra as dívidas que escolhemos contrair.

Uma característica dos portadores da Síndrome de Down (que a maioria das pessoas classifica como doentes mentais) é a que falta exatamente nestas mesmas pessoas: a sinceridade. Esses seres especiais têm muita coisa para ensinar a nós seres “normais”.

Esta obra é um portal para que o leitor atravesse e aprenda a ser um Ser Humano melhor. Ao transpor a passagem a roupagem antiga ficará presa na entrada e ao sair do outro lado o leitor estará com a alma lavada e pronto para se tornar uma criatura especial como o Joseph.


P.S.: Olhem bem dentro destes olhos e enxerguem a alma do Joseph (fiquei encantada com esta foto da contra capa. Retratou perfeitamente toda a essência da história).




Um leve bater de asas *O:-) anjinho  *O:-) anjinho  para todos!!!!

Khrys Anjos

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

(Resenha) Lenda urbana 2 - Dons - Glaucia Santos

Título: Lenda urbana 2: Dons

Autora: Glaucia Santos

Ano: 2016

Páginas: 120

Editora: publicação independente



Sinopse: Após uma sequência de eventos onde perde os amigos, Patrícia tenta reconstruir sua vida ao lado de Léo, ainda sob o peso do luto. Contudo, o que era para ser o recomeço, vira o início do seu inferno particular. O espírito continua jogando com eles e usando que é mais precioso: sua família. Ela acha que não pode piorar, mas começa ver coisas e acredita que está enlouquecendo. Agora entra em uma corrida contra o tempo para descobrir o motivo da vingança de Victor e não sabe quando o jogo finalmente acabará.




*** 




Neste segundo livro da série a vida da Patty sofre uma mudança radical. Ela e o Leo estão morando juntos. Dividem o apartamento com a mãe, a irmã e o Victor.

Além de terem que lidar com a parte mais difícil do relacionamento, a convivência diária, precisam enfrentar outra batalha diária: a possessão do espírito do Victor, que está cada vez mais violento e sedento por sangue.

Patty descobre que possui dois tipos de mediunidade (que algumas pessoas chamam de dons e outras falam que são maldições) e que eles têm que ser devidamente desenvolvidos para que ela não acabe enlouquecendo.

São os dois tipos mais desejados pelos médiuns e os mais temidos pela maioria das pessoas. Para saberem quais são terão que ler o livro ok? E quem sabe ainda venha aflorar mais alguns...

Quando ela pensa que já ocorreram mudanças suficientes em sua vida eis que surgi uma outra que a faz ficar ainda mais sensível e com receio do que o futuro reserva para a sua família. Neste momento acaba se decepcionando com a atitude que o Leo toma ao saber da novidade e não lhe resta outra opção além de aceitar a ajuda do detetive que está obcecado por desvendar o passado do Victor e assim poder saber o que o levou a odiar tanto a Patty e sua mãe.

Mas uma dúvida surge com esta aproximação: será que ele é amigo ou inimigo? Só saberemos no terceiro livro, ou se a autora for um pouco má, talvez num quarto ou quinto volume.

A Glaucia não entrou no âmbito de nenhuma religião ao introduzir a mediunidade na história da Patty. Até por que estes “dons” não são exclusivos de uma religião. Eles acontecem em praticamente todas, apenas são tratadas de formas diferenciadas.

Eu sou espiritualista e leio sobre vários assuntos para poder entender o que acontece no plano espiritual. Posso dizer que a Glaucia descreveu de maneira corretíssima como um espírito passa de obsessor para possessor.

O Victor alimenta o ódio que sente pela Patty e pela mãe dela. Deixou de ser apenas um obsessor e passa a possuir a pequena Carla. O domínio é total. Ela deixa de ser uma criança meiga e doce e se transforma numa arma para o Victor atingir seu objetivo: destruir a vida das mulheres da família.

O Leo acaba se colocando no meio do furacão e num determinado momento se deixa levar pela raiva. Se afasta e percebe que o sentimento que preenche o seu coração o impossibilita de viver longe da Patty. Assim retorna para a guerra determinado a fazer tudo o que for possível para salvar a sua família.

Esta trama do segundo livro serve como uma degustação do que está por vir. Aguçou um pouco mais a nossa curiosidade.

Agora temos que aguardar o próximo livro para desvendarmos junto com a Patty e o Leo este mistério sobre o passado do Victor. O que será que aconteceu de tão terrível para fazê-lo odiar mãe e filha desta maneira?


P.S.: Para que possam entender um pouco sobre possessão vou colocar aqui uma explicação básica: 
Quando o espírito obsessor tem com sua vítima uma afinidade fluídica 
quase perfeita, a obsessão apresenta um aspecto muito mais grave, porque se transforma em possessão. 
As irradiações fluídicas do possesso, combinando-se muito bem com as do espírito possessor, fazem com que os perispírito dos dois se unam; em seguida, o espírito possessor paralisa a vontade do encarnado e, daí por diante, subjuga-o inteiramente, a ponto de se notarem no possesso duas personalidades: a dele e a do possessor. 
Os característicos de um possesso são os de um louco furioso: corre pelas ruas, rasga a roupa, arroja-se ao chão, atira-se contra as pessoas, etc. Outras vezes fala sozinho durante horas, faz discursos ou mantém conversas absurdas.





Um leve bater de asas *O:-) anjinho  *O:-) anjinho  para todos!!!!

Khrys Anjos